Thorium Browser

O Thorium Browser recebeu o nome do elemento radioativo nº 90 e se gaba de ser mais rápido do que os binários do Chrome que o Google lança. Seu desempenho aprimorado se deve ao fato de ser compilado com todos os sinalizadores modernos de CPU habilitados, o que o direciona a usar conjuntos de instruções mais novos e rápidos. No entanto, ele pode não funcionar em CPUs mais antigas que não suportam esses conjuntos de instruções.

As otimizações do compilador do Thorium Browser incluem SSE4.2, AVX, AES e modificações em CFLAGS, LDFLAGS, sinalizadores thinLTO, sinalizadores import_instr_limit e PGO, bem como outros sinalizadores. Ele também inclui otimizações de LLVM LOOP como sinalizadores -mllvm. Além disso, as alterações de IU e patches para Linux e Windows corrigem bugs, melhoram a usabilidade e fortalecem a privacidade/segurança.

Comparado ao Chromium vanilla, o Thorium Browser fornece uma melhoria de desempenho de 8-38%, dependendo do benchmark e do sistema operacional. Você pode consultar PATCHES.md para uma visão geral detalhada de todas as modificações feitas no vanilla Chromium em termos de desempenho, segurança e usabilidade.

Usar o Thorium Browser terá uma curva de aprendizado quase zero para aqueles familiarizados com navegadores baseados em Chromium, e a maioria não deve ter problemas em usar extensões encontradas na Chrome Web Store.

  

NUNCA DESATIVE SUA PROTEÇÃO ANTIVÍRUS PARA UTILIZAR OU TESTAR PROGRAMAS CRACKEADOS.
MANTENHA SEMPRE SEU SISTEMA ATUALIZADO.
Se gostou desse software, você pode comprar a sua versão oficial no site do desenvolvedor.
Nunca pague por consultoria e suporte para produtos crackeados ou gratuitos.
Se você possui a versão original deste software, utilize somente a consultoria e o suporte fornecidos pelo desenvolvedor.

Para remover este conteúdo, acesse DMCA.

Senha para descompactar: amamosradio